PublicidadePublicidade

Em Anápolis, diarista procura a polícia após ser xingada de “preta safada” e “macaca”

Episódio foi registrado na delegacia e a vítima aconselhada a processar criminalmente o racista

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -
(Foto: Denilson Boaventura/Portal 6)

A Polícia Civil (PC) de Anápolis vai investigar as agressões verbais sofridas por uma diarista, de 41 anos, que foi xingada de “preta safada” e “macaca” por um locatário de imóveis.

O caso ocorreu no sábado (15) via mensagens de WhatsApp, mas a mulher só conseguiu ir à Central de Flagrantes nesta segunda-feira (17).

O Portal 6 teve acesso à captura de tela da conversa entre a diarista e o locatário. Além das ofensas de cunho racista, o homem ainda a acusou de ser “ladra de tijolos” e disse que estava com vontade de matá-la.

PublicidadePublicidade

Toda essa fúria teria sido gerada em razão de ele não ter gostado da situação em que recebeu a casa que a mulher alugava.

O locatário também chamou a diarista de “porca” e “nojenta” e ameaçou levá-la na Justiça. Segundo ele, a mulher teria estragado toda a residência.

Após registrar o episódio, ela foi aconselhada a processá-lo criminalmente. O prazo é de seis meses, contados a partir de hoje.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade