PublicidadePublicidade

Homem de Anápolis se encrenca com a Justiça ao dizer que faria crueldade com jovem em matagal

Vítima estava apenas trabalhando e Polícia Militar precisou ser acionada para ajudá-lo

Da Redação Da Redação -
Visão aérea da região Central de Anápolis. (Foto: Bruno Velasco)

Policiais militares tiveram de se deslocar até o Shopping Center, no Centro de Anápolis, nesta terça-feira (25), para ajudar o funcionário de uma clínica odontológica, de 21 anos.

O jovem é promotor de vendas e estava na Rua Engenheiro Portela oferecendo os serviços da empresa quando abordou um homem na rua e o reconheceu de imediato.

É que ele já era um cliente da unidade de saúde bucal e há alguns dias teria criado uma confusão no local por causa de um documento de identidade que havia se perdido.

PublicidadePublicidade

Na ocasião, colegas da vítima já haviam avisado que ele não havia deixado o RG lá. Foi quando o homem teria dito que resolveria a situação de qualquer maneira.

Ele então se virou para o promotor de vendas e disse que o colocaria em um carro, levaria para o matagal e o forçaria a evacuar o documento.

Os policiais questionaram o suspeito, que afirmou que estava com o estado emocional alterado naquele momento e, por isso, acabou falando besteira.

Um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi registrado contra o homem por ameaça e em breve ele terá que comparecer em uma audiência para prestar esclarecimentos à Justiça.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade