PublicidadePublicidade

Com medo da mãe, adolescente inventa que foi estuprada por motorista de aplicativo

Caso foi denunciado na Polícia Civil e agentes conseguiram desvendar o que realmente aconteceu

Da Redação Da Redação -

Esta repercutindo nas redes sociais, desde a quarta-feira (26), o caso de um motorista de aplicativo que por pouco não foi levado para a cadeia por causa de uma denúncia falsa de estupro.

O caso aconteceu em Governador Valadares, em Minas Gerais, depois que uma adolescente de 14 anos chamou o carro pelo celular e desapareceu.

A família então procurou a Polícia Civil e contou que, depois de embarcar na viagem, a menor não chegou ao local que havia dito que chegaria, deixando todos muito preocupados.

PublicidadePublicidade

Assim que a garota retornou, segundo o Portal BHAZ, começou a chorar desesperadamente e disse para a avó que tinha sido estuprada pelo motorista.

Revoltados, os parentes se mobilizaram até encontrar o trabalhador, que disse ter levado a adolescente até o local que constava no aplicativo e que era diferente do que ela havia dito para a família.

Os policiais então foram até o endereço em que ela foi deixada realmente e encontraram um adolescente de 16 anos, que contou que os dois estavam juntos e tinham tido relações sexuais.

Questionada, a menina disse que tinha inventado a história porque estava com medo da mãe descobrir o que ela havia feito com o namorado.

Ela precisou ser levada para delegacia com a genitora. Já o motorista foi liberado.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade