PublicidadePublicidade

Justiça mantém a prisão do idoso que foi flagrado estuprando criança em Anápolis

Decisão acolheu o pedido do MP, que destacou que a liberdade neste momento representaria sérios riscos. Defesa alega que ele tem problemas mentais

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -
(Foto: Reprodução)
PublicidadePublicidade

A Justiça converteu a prisão em flagrante para prisão preventiva de Geraldo Félix de Sousa Lobo, de 64 anos, que foi flagrado estuprando uma criança em Anápolis, no último domingo (06).

A decisão, a qual o Portal 6 teve acesso, foi assinada nesta quinta-feira (10) pelo juiz Gustavo Braga Carvalho que não concordou com qualquer outra medida diferente para o acusado.

“Cautelares diversas da prisão não seriam suficientes e adequadas ao caso”, observou o magistrado no documento, que acolhe o pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO).

O promotor Eliseu Antônio da Silva Belo destacou que o crime cometido pelo idoso é grave e a liberdade neste momento representaria sérios riscos dele voltar a cometê-lo.

“Haja vista a periculosidade social apresentada pelo autuado”, ponderou nos autos, frisando que a vítima do estupro tinha apenas dez anos.

A defesa de Geraldo Félix de Sousa Lobo alega que ele que possui “bons predicados pessoais e transtornos psiquiátricos”.

Relembre o caso

O idoso foi preso depois de ser flagrado por um policial militar de folga fazendo sexo com uma menina, no Residencial Flor de Liz.

Tudo aconteceu quando o agente trafegava pelo bairro e viu o momento em que Geraldo Félix de Sousa Lobo arrastava a criança pelo braço para dentro de uma mata.

O militar estranhou a atitude e pediu reforços. Assim que as viaturas chegaram, ele se aproximou a pé e ouviu a garotinha chorando e pedindo socorro. Em seguida, viu o idoso abaixado na frente dela e a vítima já sem as roupas.

Assim que percebeu a presença do policiais, o suspeito soltou a criança e ela conseguiu sair correndo. O idoso, porém, pegou uma faca e partiu para cima do agente.

Para se proteger, o policial precisou disparar tiros contra Geraldo Félix de Sousa Lobo, que foi atingido na perna e tentou fugir pelo matagal, mas acabou alcançado e detido.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade