PublicidadePublicidade

Homem morre após ter 50% do corpo queimado enquanto fazia almoço com álcool

Família estava passando por dificuldades financeiras e não tinha condições de arcar com o valor de um gás

Da Redação Da Redação -
(Foto: Divulgação / Chirlene Correia)

A família de Stive Daves Alves dos Santos recebeu, na noite desta segunda (05) uma notícia inesperada. Depois de três dias internado em Goiânia, o homem, de 33 anos, teve o óbito confirmado pela equipe médica.

Ele estava na UTI do Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) após sofrer queimaduras em 50% do corpo enquanto cozinhava usando álcool.

Familiares revelaram ao G1 que Stive passou por um procedimento de raspagem e acabou sofrendo uma parada cardíaca. Agora, a esposa dele, Chirlene Correia da Silva, está contando com ajuda de familiares para levar e enterrar o corpo em Tocantins, onde o homem nasceu.

PublicidadePublicidade

De acordo com ela, o companheiro teve queimaduras nos braços, rosto e tórax na última sexta-feira (02), preparando o almoço.

Como estavam passando por dificuldades financeiras e não podiam arcar com os custos de um gás, improvisaram com álcool algumas vezes para conseguir cozinhar os alimentos.

No dia em que tudo aconteceu, Chirlene afirma ter saído e deixado Stive terminando a comida. Em pouco tempo, um vizinho correu até ela para avisar que havia fumaça saindo da residência.

“Quando eu cheguei em casa já estava tudo destruído, os móveis queimados, as roupas, tudo. Meu marido tremia muito, não conseguia falar, parecia sentir muita dor. Foi desesperador”, contou.

O homem, na ocasião, precisou ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado às pressas para o HUGOL.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade