PublicidadePublicidade

Fazendeiro acusado de ajudar Lázaro Barbosa a escapar da polícia está solto

Juíza defendeu que ele precisa receber medidas mais brandas, mas idoso terá de seguir algumas regras

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução / TV Globo)

Detido desde o dia 24 de junho, suspeito de ajudar Lázaro Barbosa a escapar dos cercos policiais, o fazendeiro Elmi Caetano Evangelista, de 73 anos, teve a prisão preventiva revogada pela Justiça.

Na decisão, da juíza Luciana Oliveira de Almeida Maia da Silveira, consta que não haveria nenhum perigo na soltura, já que o idoso tem residência fixa e não há provas de que as munições e armas encontradas com o foragido pertenciam a ele.

A magistrada também afirma no texto que, por ter problemas de saúde, Elmi deveria ser alvo de uma medida “mais branda”.

PublicidadePublicidade

“A prisão deve ser substituída por medida mais branda, especialmente por se tratar de réu idoso, com residência fixa, ocupação lícita e sem outras passagens pela seara criminal. Ainda, há nos autos documentos que indicam certa fragilidade na saúde de Elmi, o que deve ser sopesado, considerando que ainda persiste a pandemia do coronavírus”, escreveu na decisão.

Como condição para ser solto, o fazendeiro precisará fazer uso de tornozeleira eletrônica e também não poderá deixar a cidade e nem sair de casa no período da noite.

Elmi saiu do presídio de Águas Lindas de Goiás na noite desta sexta-feira (16) e responde atualmente por favorecimento pessoal.

Em tempo

No dia da prisão do fazendeiro, o caseiro que trabalhava com ele, Alain Reis de Santana, relatou que Lázaro havia recebido abrigo e comida por alguns dias.

Ele também chegou a ser detido, mas acabou sendo liberado após a constatação de que não teria envolvimento no caso.

Na residência, Alain ainda mostrou onde o foragido teria se escondido e relatou que Elmi deixava as portas destrancadas, como se estivesse esperando por Lázaro.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade