PublicidadePublicidade

MP toma providência contra goiana que tentou matar bebê com antidepressivo

Ela ainda foi ao supermercado com garotinho no colo para comprar chumbinho

Da Redação Da Redação -
Sede do MP-GO, em Goiânia. (Foto: Divulgação)

A Justiça de Goiás recebeu uma denúncia feita pelo Ministério Público (MP-GO) contra uma mulher que tentou matar o filhinho de apenas 1 ano e 6 meses com medicamentos antidepressivos, em Aparecida de Goiânia.

Consta no documento que Kassiane Soares da Silva, no dia 17 de agosto de 2019, fez o bebezinho ingerir quatro comprimidos de Rivotril e depois engoliu ela mesma vários remédios.

Como não ficou satisfeita com o resultado, já que o garotinho ficou apenas sonolento, foi até o supermercado com ele no colo e comprou chumbinho, um veneno clandestino usado normalmente para matar ratos.

PublicidadePublicidade

O pior, segundo o MP-GO, só não aconteceu porque uma cliente do estabelecimento percebeu que a mulher estava apática e o bebê apresentava sonolência exagerada e decidiu se aproximar para oferecer ajuda.

Teria sido nesse momento que Kassiane revelou para ela que tinha a intenção de matar o filho e daria o veneno para ele tomar.

O Corpo de Bombeiros precisou ser acionado na hora para levar a criança para uma lavagem gástrica. O menino foi entregue aos cuidados da avó.

Com informações do TJGO

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade