PublicidadePublicidade

Preso, “Don Juan” levava vida de luxo e usava a beleza para dar grandes golpes em Goiás

Ele também se passava por servidor da Receita Federal e estima-se que tenha feito mais de 90 vítimas no país

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)

Um velho conhecido do estado de Goiás teve o mandado de prisão preventiva cumprido nesta terça-feira (17), na região metropolitana de Fortaleza, capital do Ceará.

Trata-se de David Alves Bezerra, um homem de 30 anos que aplicou golpes por todo o país, mas deixou marcas ainda mais profundas em Valparaíso de Goiás.

Apenas lá, ele é suspeito de ter feito mais de oito vítimas em casos de estelionato, mas é investigado pelo mesmo crime contra mais de 90 pessoas, espalhadas por todo o Brasil.

PublicidadePublicidade

Ele se passava por servidor público, tanto da Receita Federal quanto da Polícia Civil, para abordar possíveis compradores de aparelhos eletrônicos, que ele anunciava por preços bem abaixo do mercado.

A justificativa era de que o material era fruto de apreensões e que seria encaminhado para leilão.

Fazendo uso do charme e beleza, ele conseguia os pagamentos de maneira adiantada e depois desaparecia no dia da suposta entrega.

O método era tão planejado que ele até já tinha um esquema desenhado, em que se relacionava amorosamente com mulheres que, posteriormente, forneciam as possíveis vítimas.

Esta forma de atuar, junto da vida de luxo que compartilhava nas redes sociais, rendeu ao suspeito o apelido de “Don Juan”.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade