PublicidadePublicidade

Raríssima, ameba comedora de cérebro tira a vida de criança de apenas 7 anos

Casos de infecções são fatais e as vítimas costumam falecer em até duas semanas

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)

Raríssima, uma ameba comedora de cérebro tirou a vida de uma criança de apenas 07 anos no condado de Tehama, na Califórnia.

Trata-se do protozoário Naegleria fowleri, que costuma ser encontrado em água doce, parada e com temperaturas altas.

Lagos e rios são os lugares ideais para o contágio. E foi justamente em um destes locais que o menino acabou se infectando.

PublicidadePublicidade

Ao entrar no organismo pelo nariz, a ameba desenvolve a doença chamada de Meningoencefalite Amebiana Primária (PAM).

Especialistas afirmam que casos assim são extremamente raros, mas mortais. As vítimas costumam falecer em até duas semanas.

Entre os sintomas, estão: fortes dores de cabeça, febre, náuseas e vômitos. A doença, no entanto, não é contagiosa.
Na Califórnia, por exemplo, apenas dez casos foram registrados desde 1971.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade