PublicidadePublicidade

Preso é encontrado morto com órgão genital na boca e coração arrancado

Ele já havia passado por julgamento e sido condenado pela Justiça por crime cruel contra enteada de 05 anos

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)

Está repercutindo nas redes sociais o caso de um homem, de 30 anos, que estava preso e foi encontrado morto dentro da cela, em Cruzeiro do Oeste, no Paraná. O óbito ocorreu na quarta-feira (18).

O corpo foi localizado por agentes que atuam na penitenciária estadual do município e estava sem o coração. O órgão genital também foi cortado e colocado na boca do detento.

Conforme o Portal TN Online, as informações preliminares levantadas pela Polícia Civil dão conta que o crime foi cometido por três colegas de cela.

PublicidadePublicidade

Responsável pelo caso, o delegado Isaías Cordeiro de Lima contou que o detento foi golpeado no pescoço com uma escova de dentes. Em seguida, foi colocado numa cama e teve o coração arrancado com uma lâmina de barbear.

O mesmo objetivo cortante também teria sido usado para cortar o órgão genital dele.

Após a execução, os envolvidos ainda fizeram toda a limpeza da cela, na tentativa de dificultar as investigações que apontariam a autoria.

A ação foi em vão, porque todos foram rapidamente identificados e um dos suspeitos alegou que ouviu vozes mandando cometer o delito.

O detento morto tinha sido condenado pelo estupro da enteada, de 05 anos.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade