PublicidadePublicidade

Agentes da Anvisa entram em campo, e Brasil x Argentina é interrompido

Segundo a Anvisa, atletas apresentaram informações falsas para participarem da partida

Folhapress Folhapress -
Brasil X Argentina
Partida de futebol é interrompida por Anvisa (Foto: Divulgação)

O duelo entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, na Neo Química, foi interrompido com apenas 7 minutos de partida após a entrada de agentes da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no gramado.

Após discussão no campo, que envolveu alguns atletas argentinos e profissionais do órgão sanitário, a equipe treinada pelo técnico Lionel Scaloni se encaminhou para os vestiários do estádio corintiano. Os brasileiros permaneceram no gramado.

Horas antes do jogo, a Anvisa afirmou que atletas argentinos descumpriram regras de quarentena contra a Covid-19. Em nota divulgada neste domingo (5), a agência disse que acionou a Polícia Federal e que os argentinos devem ser imediatamente isolados.

PublicidadePublicidade

Segundo a Anvisa, os atletas deram informações falsas e ocultaram que estiveram no Reino Unido nos últimos 14 dias. Viajantes que passaram recentemente por este e mais alguns locais (África do Sul, Irlanda do Norte e Índia) não podem entrar no Brasil, conforme regra adotada pelo governo Jair Bolsonaro para evitar a disseminação de variantes da Covid-19.

“Diante da confirmação de que as informações prestadas pelos viajantes eram falsas, a Anvisa esclarece que já comunicou o fato à Polícia Federal, a fim de que as providências no âmbito da autoridade policial sejam adotadas imediatamente”, disse a Anvisa.

Os atletas Emiliano Martínez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero atuam em clubes da Premier League e estiveram no Reino Unido nos últimos dias. Eles só poderiam ter entrado no país para o jogo das Eliminatórias após 14 dias fora dos locais sob restrição.

De acordo com a agência, há “notório descumprimento” das regras sanitárias.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade