PublicidadePublicidade

Em Anápolis, mulher tomou medida desesperada para evitar que cachorrinho fosse morto

Situação se agravou e ela precisou sair correndo para se esconder e acionar a Polícia Militar

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)

Um momento de violência fez uma mulher, de 36 anos, tomar a decisão de acionar a Polícia Militar, neste domingo (07), no Residencial Roses Garden, em Anápolis.

Ela havia chegado de um bar com o companheiro e os dois acabaram entrando em uma discussão quando homem começou a relembrar dos ex-namorados da esposa.

Revoltado, o suspeito ainda teria agarrado o cachorrinho da família e dito que, só porque a mulher gostava do animal, o mataria.

PublicidadePublicidade

Para evitar que o cão se machucasse e também para se proteger, a vítima pegou uma faca e pediu para que o marido soltasse imediatamente o bichinho.

A ação, porém, o deixou ainda mais nervoso e a mulher teve que sair correndo para a casa de uma vizinha para acionar a viatura.

Os dois tiveram de ser levados para a Central de Flagrantes e estavam em estado visível de embriaguez. Lá, porém, a esposa começou a chorar, dizendo que não queria prejudicar o parceiro e, por isso, não representaria contra ele.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade