PublicidadePublicidade

Relembre a tragédia com romeiros de Anápolis que terminou com 55 mortes

Acidente foi um dos maiores já registrados no país e praça na cidade foi rebatizada para homenagear todos que perderam a vida

Caio Henrique Caio Henrique -
Pessoas tentando prestar socorro após o acidente. (Foto: Arquivo Pessoal/ Badan Palhares)

Nesta quarta-feira (08) se completam 23 anos do trágico acidente com os romeiros de Anápolis.

No mesmo dia 08 de setembro, em 1998, 55 romeiros voltavam de uma excursão no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo quando acabaram morrendo.

O caso aconteceu durante a madrugada e, na ocasião, um caminhão que estava carregado com 26 mil litros de diesel e 6 mil litros de gasolina tombou na Rodovia Anhanguera, pegando fogo logo em seguida.

PublicidadePublicidade

O acidente causou uma enorme nuvem de fumaça no local, bloqueando a visão dos motoristas de dois ônibus carregados de romeiros que vinham logo atrás na estrada.

Infelizmente, não houve tempo de parar ou desviar e ambos os veículos foram de encontro ao caminhão tombado, entrando junto nas chamas.

Dos 98 religiosos presentes, 55 acabaram perdendo a vida na tragédia.

Uma das maiores dificuldades na época foi realizar a identificação dos corpos que, na sua maioria, foram carbonizados após a explosão.

(Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Em entrevista ao G1, o médico Fortunado Badan Palhares disse que todo o trabalho durou dois meses e contou com o trabalho de seis legistas e três dentistas, que tiveram de recorrer às arcadas dentárias para conseguir alguma confirmação.

“Os corpos estavam totalmente carbonizados e a gente partiu para aquilo que podia ser feito como identificação. Por exemplo, nós encontramos no pescoço de uma mulher uma correntinha com três identificações de crianças, isso foi um dado importante”, explicou o médico.

Dois anos depois do acidente, a conhecida Praça da Morte, que divide os bairros Alexandrina e Maracanã (onde grande parte das vítimas moravam), passou por revitalização e foi rebatizada como Praça dos Romeiros, em homenagem a todos que perderam a vida no acidente.

Vista aérea da Praça dos Romeiros, em Anápolis. (Foto: Daniel Luiz)

No local, foi construído um memorial com o nome de todos os romeiros vítimas da fatalidade.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade