PublicidadePublicidade

Saiba o que já foi feito para recuperar o corpo de motorista liberado por engano no IML de Anápolis

Família, que teve de voltar para casa, retornou à unidade unidade para aguardar novos detalhes sobre a exumação

Rafaella Soares -
Família de Marcos retornou para o IML para esperar por notícias. (Foto de uso exclusivo do Portal 6)

Após uma noite de angústia e preocupação, a família de Marcos Antônio de Sousa, de 56 anos, retornou no início da manhã desta sexta (17) para o Instituto Médico Legal (IML) para aguardar o desfecho da exumação do corpo dele, que foi enterrado em um cemitério de Anápolis após ser liberado por engano na unidade.

Ao Portal 6, parentes revelaram que tiveram de voltar para casa ainda ontem porque foram informados que, por causa do horário, nada poderia ser resolvido de imediato.

Já nesta manhã, afirmam que ainda aguardam por um posicionamento, mas até o momento não receberam nenhuma nova informação sobre o que está sendo feito para recuperação do corpo do familiar.

Em conversa com o Portal 6, o superintendente adjunto da Polícia Científica, Ricardo Matos, informou que uma autoridade judiciária já foi consultada e não haverá necessidade de uma autorização da Justiça para a realização da exumação.

“Já foi feito um ofício para o administrador do cemitério e já foi enviada uma equipe para a retirada do corpo do senhor Marcos. Uma vez aberta, será feita a restituição para a família e também o sepultamento do senhor Ademilson, que deveria ter sido sepultado no local”, explicou Ricardo.

De acordo com ele, a prioridade é resolver, possivelmente ainda durante esta manhã, toda a questão para a família. Posteriormente é que haverá a apuração da responsabilidade dos servidores envolvidos na liberação do corpo.

Há, até o momento, apenas informações extraoficiais de que Ademilson seria um possível andarilho, o que teria explicado o sepultamento imediato. Esse fato também terá de ser oficialmente confirmado durante a investigação.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade