PublicidadePublicidade

Ala 2 de vai começar a receber caças militares da Suécia

Fabricante de avião afirma que até 2026, 36 aeronaves serão entregues à FAB

Augusto Araújo -
Avião Gripen da Força Aérea Brasileira. (Foto: Divulgação)

A Ala 2 de Anápolis (antiga Base Aérea) vai receber quatro caças Gripen produzidos na Suécia.

Elas serão utilizadas pela Força Aérea Brasileira (FAB) para uso operacional.

De acordo com a fabricante Saab, os primeiros dois aviões devem chegar ao solo brasileiro no início de 2022.

PublicidadePublicidade

A outra metade está prevista para chegar até julho do próximo ano.

Antes de chegar em território anapolino, as aeronaves serão levadas para o Centro de Ensaios de Voo do Gripen, para que possam fazer testes e obter o Certificado de Tipo Militar, que autoriza o uso efetivo pela base de Anápolis.

A Saab fechou um acordo em 2014 para venda de 36 aeronaves, por cerca de R$ 24 bilhões em valores atuais. Esse valor será pago ao longo de 25 anos.

Mikael Franzén, chefe de marketing e vendas aeronáuticas da Saab, afirmou que o plano da empresa é entregar todos os veículos aéreos até 2026.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade