Volta às aulas presenciais já é obrigatória em toda rede estadual de Goiás

Baixa adesão por parte dos estudantes pelas atividades presenciais foi o que motivou a medida

Pedro Ribeiro -
Estudantes(Foto: Divulgação/Secretária de Estado da Educação)

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) anunciou a volta obrigatória dos estudantes da rede estadual de ensino de Goiás.

A atividades presenciais aconteciam desde agosto, porém de maneira opcional.

Segundo a portaria da Seduc, a baixa adesão de estudantes foi o que determinou a medida.

PublicidadePublicidade

Fátima Gavioli, secretária de educação do Estado, confirmou a mudança em evento do Conselho Estadual de Educação, já havia confirmado a decisão na última sexta-feira (15).

A obrigatoriedade das aulas presenciais passou a ser válida desde a última quarta-feira (13).

Fátima Gavioli confirmou que estudantes grávidas e alunos com comorbidades ou imunodeficiência, poderão continuar a ter aula à distância.

A portaria da Secretaria de Educação pontuou as condições que permitem atividades pela internet. São alunos com insuficiência cardíaca e cardiopatia isquêmica ou cardiopatias graves.

Além disso, estudantes com pneumopatias graves ou asma moderada/grave e doença pulmonar obstrutiva crônica, também podem assistir as aulas de maneira remota.

Imunodepressão, doenças renais crônicas em estágio avançado, diabetes mellitus, além de doenças cromossômicas com estado de fragilidade imunológica, também foram pontuados pela Seduc.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.