PublicidadePublicidade

Mendanha diz três coisas que faria de diferente no governo se estivesse no lugar de Caiado

Prefeito de Aparecida de Goiânia, e pré-candidato a governador, foi o convidado do Portal 6 Entrevista na noite desta quinta-feira (21)

Pedro Hara -
Gustavo Mendanha é prefeito de Aparecida de Goiânia e pré-candidato ao Governo de Goiás. (Foto: Rodrigo Estrela)

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido) foi o convidado do Portal 6 Entrevista na noite desta quinta-feira (21).

Antes filiado ao MDB, ele deixou a legenda após ser anunciada a aliança do partido com Ronaldo Caiado (DEM). Este movimento de desfiliação deixou claro que Mendanha quer ser candidato ao Palácio das Esmeraldas em 2022.

Durante a entrevista, o político foi instado a dizer ao menos três coisas que mudaria no Governo de Goiás se estivesse atualmente no lugar de Ronaldo Caiado (DEM).

De pronto, ele apontou primeiramente que teria outra relação com o setor produtivo. Para Mendanha, os empresários estão chateados com o tratamento recebido.

“Nós nunca tivemos um relacionamento dessa espécie com o setor produtivo. Hoje nós temos um distanciamento gigante do setor. Se conversar com dez empresários, nove vão dizer que estão chateados com o atual modelo de governança”, disse.

Outro ponto citado pelo ex-emedebista foi o não cumprimento de promessas feitas durante as eleições de 2018 como a não redução do ICMS para combustível e gás de cozinha, atualmente vilões do orçamento familiar dos brasileiros. Nas palavras dele, a solução estaria no que outros estados do Brasil vêm fazendo.

“A receita do Estado no período das eleições é menor que hoje, o estado tá arrecadando muito mais e tem condições de realizar essas reduções independente do valor ou do percentual é algo que poderia ser feito e não foi feito”, criticou.

Por último, Mendanha criticou a falta de investimentos do Governo em Goiás. Segundo o político, não há grandes obras sendo realizadas no estado.

“Se Aparecida é uma cidade que tem uma arrecadação praticamente 25 vezes menor do que o estado consegue fazer, eu não tenho dúvidas de que um governo eficiente poderia ter realizado [mais]”, sugeriu.

Confira o momento em que Gustavo Mendanha cita o que faria diferente de Ronaldo Caiado

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.