Fim da linha para o jovem que saiu de Anápolis querendo cobrar dívida e acabou cometendo homicídio

Caso ocorreu em Goianésia e ele não contava com a presença de policiais na cena do crime

Da Redação -
Suspeito efetuou três disparos contra a vítima (Foto: Reprodução)

Um homem de 27 anos foi preso em Goianésia por matar um senhor de 59 anos. A motivação do crime teria sido uma dívida de R$ 12 mil.

De acordo com a Polícia Militar (PM), Raí Rezende de Moura, pegou um ônibus em Anápolis com destino a Goianésia, cidade há cerca de 140 quilômetros de distância.

Ao chegar na rodoviária, o jovem foi diretamente para a casa de Aristo Deliyannidis.

PublicidadePublicidade

Ao chegar na residência, Raí disse que estava armado e ordenou que a vítima entrasse no carro que estava no local.

A intenção, conforme a Polícia Militar, era voltar para Anápolis com o quase idoso na condição de sequestrado.

Para não ser flagrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Raí dirigiu por uma estrada vicinal. Ao puxar o freio de mão, o veículo rodou e bateu em um barranco. Neste momento a vítima tentou fugir, mas foi atingida por três disparos.

Ao ouvir o barulho dos tiros, policiais da Patrulha Rural que estavam próximos realizando cadastro de moradores se deslocaram ao local e prenderam Raí.

Ele confessou o crime e disse que havia sido contratado em Anápolis para receber o dinheiro.

A vítima foi encontrada baleada dentro do veículo, mas faleceu a caminho do hospital.

A Polícia Civil de Goianésia vai investigar o crime.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.