PublicidadePublicidade

Caiado lança programa para garantir que as famílias carentes de Goiás não passem fome

Além de mix de alimentos nutritivos, legumes embalados a vácuo e frutas desidratadas também serão entregues àqueles em situação de insegurança alimentar

Denilson Boaventura -
Ronaldo Caiado durante o lançamento do programa NutreBem, que distribuirá alimento nutritivo às famílias em situação de insegurança alimentar (Foto: Wesley Costa)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) lançou nesta terça-feira (26) o NutreBem, programa para garantir que as famílias carentes de Goiás não passem fome.

A ação será responsável pela distribuição e um mix de alimentos, que inclui arroz, proteína de soja, cenoura, tomate, alho e cebola desidratados sem gorduras trans, gorduras saturadas ou lactose.

Segundo a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), o alimento é de preparo rápido e rende até 10 porções nutricionais. Pessoas em situação de vulnerabilidade com cadastro na entidade devem receber já neste mês.

“Estamos garantindo o padrão nutricional, com a reposição de minerais, de nutrientes necessários para manter a pessoa alimentada durante o seu dia”, declarou Caiado.

De acordo com o governador, o programa representa um ponto de superação ao congregar conhecimento científico e gestão pública com eficiência para levar benefícios ao cidadão com dificuldades para se alimentar.

“As transformações maiores podem acontecer desde que estejamos imbuídos de um mesmo sentimento, seja a competência, a boa gestão, a pesquisa, a ciência e também a honestidade de princípios”, avaliou.

Além dessa refeição, o NutreBem distribuirá legumes embalados a vácuo e frutas desidratadas para reforçar as doações feitas às famílias mais vulneráveis.

Os itens possuem características que possibilitam a chegada às comunidades mais afastadas, já que frutas e verduras in natura são mais perecíveis, o que inviabiliza o transporte para longas distâncias.

Caiado fez, ainda, o compromisso de levar outras melhorias para o setor, com previsão de destinação de veículos para qualificar a logística de distribuição de alimentos.

Ao possibilitar que o alimento atenda famílias carentes de Norte a Sul do estado, Caiado acredita que a proposta converge com seu maior lema de governo. “O cargo público não nos credencia a outra coisa que não seja servir ao cidadão”, defendeu.

“Estamos fazendo com que as pessoas sintam aquilo que se fala que é tão distante: a cidadania. Governar o Estado não é voltar os olhos para as regiões que já têm um potencial próprio para o desenvolvimento”, detalhou.

Os testes para o processamento foram feitos com o apoio técnico de nutricionistas, engenheiros de alimentos e professores da Universidade Federal de Goiás (UFG).

O reitor da instituição, Edward Madureira, classificou o governador como o “parceiro que acreditou” na universidade em função dos inúmeros projetos já estabelecidos.

“Sempre tive um sonho de ver a universidade absolutamente integrada ao desenvolvimento do nosso estado”, pontuou. “Essa é a missão maior da universidade: formar pessoas e produzir conhecimento”, afirmou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.