Enel sustenta que não houve incêndio em subestação de Anápolis e que fumaça é do curto-circuito

Companhia afirma ainda que quase 100% das residências já estão com o fornecimento de energia elétrica restabelecido

Rafaella Soares -
Fumaça após curto-circuito na Subestação da Enel na manhã desta quinta-feira (28).(Foto: Reprodução)

A Enel Distribuição Goiás divulgou na manhã desta quinta-feira (28) mais uma nota à imprensa para explicar o novo curto-circuito registrado no início do dia na Subestação Universitária, no Jardim das Américas 3ª Etapa, a principal de Anápolis.

A companhia não explicou o que causou o problema e alega que o curto não atingiu nenhum transformador. Imagens registradas por moradores, porém, mostram fogo no local e uma grande quantidade de fumaça tomando o céu da região.

A empresa também reafirmou ter iniciado de imediato o reparo na rede elétrica. A nova atualização também diz que “cerca de 97% dos clientes impactados já estão com o serviço normalizado.”

“[O curto-circuito] resultou no desligamento das cargas, o que acontece de forma preventiva para evitar maiores danos na rede elétrica. Os técnicos que permanecem no local 24h identificaram que esse curto provocou alguns danos, mas que não houve incêndio em nenhum equipamento”, sustentou em áudio Ícaro Barros, responsável por Operação e Manutenção da Enel.

“Os transformadores que atendem essa subestação estão íntegros e contamos com duas subestações móveis para fazer o reforço do atendimento em Anápolis. Após a inspeção visual, foi retomada as cargas e já temos grande parte do clientes reestabelecidos”, acrescentou.

Confira na íntegra a nova nota da Enel

A Enel Distribuição Goiás informa que um curto-circuito na Subestação Anápolis Universitário interrompeu o fornecimento de energia para alguns clientes de Anápolis na manhã de hoje. O curto não atingiu nenhum transformador da unidade e não houve incêndio. A companhia esclarece que já iniciou as manobras na rede elétrica e cerca de 97% dos clientes impactados já estão com o serviço normalizado. Técnicos seguem atuando para normalizar o fornecimento de energia ao restante dos clientes interrompidos o mais breve possível. A distribuidora ressalta que duas subestações móveis seguem na unidade para garantir o suporte necessário ao fornecimento de energia do município.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.