Ônibus do BRT em Goiânia têm ar condicionado e dispositivo para coibir roubos

Veículos já estão na capital e a expectativa é de que comecem a operar em breve

Pedro Ribeiro -
Novos ônibus do BRT já chegaram e aguardam o fim das obras para começarem a circular (Foto: Divulgação/SET)

Apesar das obras estarem atrasadas, há muita expectativa sobre o BRT Norte-Sul de Goiânia. Alguns ônibus que irão circular nas ruas da capital já chegaram e estão prontos para operar.

Os veículos possuem tecnologia de videomonitoramento através de câmeras de segurança com o intuito de coibir furtos e roubos.

Além do mecanismo de vigilância, os ônibus são automáticos e possuem outro recurso que é muito útil e requisitado em terras goianas: o ar-condicionado.

PublicidadePublicidade

Segundo as informações do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano e Passageiros da Região Metropolitana de Goiânia (SET), até o momento, seis veículos da marca Mercedez-Benz  já chegaram à capital.

Três unidades pertencem à  Viação Reunidas e as outras três são da Rápido Araguaia.

De início, a frota do BRT terá 28 veículos para atender a população.

Comparado aos ônibus que circulam atualmente em Goiânia, os novos têm uma capacidade consideravelmente maior – sendo 102 pessoas (54 em pé e 48 usuários sentados).

Os atuais comportam, no máximo, 75 passageiros.

O investimento em cada uma das unidades foi em média R$ 750 mil.

No total, o investimento inicial nos veículos foi de R$ 4.5 milhões.

Atraso

Prevista para ser entregue no aniversário de 88 anos de Goiânia, as obras do BRT seguem inacabadas por conta de um comprometimento na cabeceira de um viaduto.

A Prefeitura da capital não anunciou nova data para entregar a via.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.