Grupo chileno compra tradicional empresa do DAIA por mais de R$ 1 bilhão

Fábrica da cidade tem grande capacidade de produção anual e é detentora de marcas famosas

Rafaella Soares -
Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA). (Foto: Daniel Oliveira)

Tradicional empresa de fabricação de produtos de higiene, como papeis higiênicos, toalhas de papel, guardanapos e fraldas, a Carta Fabril foi vendida.

Com fábrica no Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA) e sede em Niterói (RJ), ela foi adquirida pela chilena CMPC, dona da Softys Brasil, pelo preço de R$ 1,138 bilhões.

Contando com cerca de 1.700 funcionários nas duas unidades, a Carta Fabril tem capacidade de produzir 100 mil toneladas por ano de papel para os produtos.

Dentre as principais marcas famosas que fazem parte do portfólio da empresa estão a Deluxe, Cotton, Baby Looney Tunes, Looping, Diana, Coquetel, Social Clean e Gran Finale.

Agora, com o investimento da CMPC, a expectativa é que a produção da Softys Brasil acelere e alcance as 380 mil toneladas de papel anualmente.

A transição seguirá para uma avaliação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica e a expectativa é que a operação seja concluída em até 150 dias.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.