PublicidadePublicidade

Mãe ouve choro desesperado e percebe que bebezinha está enroscada na cobra mais venenosa do Brasil

Pai quase foi picado enquanto tentava ajudar e família já tem suspeita de como o animal conseguiu se esconder

Rafaella Soares -
Cobra coral estava no bebê conforto. (Foto: Reprodução)

Repercute fortemente nas redes sociais, desde o final da última semana, o grande susto que uma família de Maringá, no Paraná, viveu enquanto se organizava para sair de carro.

É que um casal havia acabado de colocar uma bebezinha de três meses no bebê conforto quando percebeu que ela repentinamente começou a chorar. Ao lado, estava o irmãozinho dela, de 01 ano.

Assim que a mãe, Jezica Santos, de 30 anos, olhou melhor, percebeu que havia uma cobra em volta da criança, enrolada atrás do cinto do equipamento de segurança.

“Quando a gente colocou a neném no bebê conforto, a cobra já estava lá enrolada. Ela começou a chorar e meu marido colocou o bebê conforto na perna dele. De longe eu vi algo brilhante mas não dei atenção. Mas meu marido mexeu no bebê conforto e eu vi a cabeça dela. Foi quando eu falei pro meu marido que tinha uma cobra no bebê conforto”, contou ao Portal GMC Online.

A principal suspeita é que o réptil tenha saído de uma área de mato nas proximidades da residência da família e aproveitado que o bebê conforto havia sido deixado em cima de uma mesa, numa área externa, para se abrigar.

Depois de perceber o animal, o pai tirou a garotinha rapidamente e jogou a cadeirinha para longe. Neste momento, a cobra ainda caiu perto do homem e começou a ficar em posição de bote.

Vizinhos apareceram no local e ajudaram a matar o réptil, que posteriormente foi possível constatar se tratar de uma verdadeira coral, considerada uma das mais perigosas do Brasil.

“Graças a Deus não aconteceu nada com a neném e nem com o meu marido, porque ela caiu na perna dele e poderia ter picado ele. Ou poderia ter picado meu menino de 1 ano e 4 meses. Foi Deus mesmo que guardou todo mundo e não aconteceu nada”, afirmou Jezica.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.