‘Não é bagunça’, diz trisal de Brasília sensação na internet após casamento poliafetivo

"A nossa missão é explicar para as pessoas que existem várias formas diferentes de amar", explica um dos três

Gabriella Licia -
Trisal usa redes sociais para desmistificar tabus de poliamor. (Foto: Reprodução – Via Instagram)

Um trisal bastante conhecido em Brasília acabou viralizando no país com os conteúdos explicativos sobre a relação poliamorosa e os posts nas redes sociais mostrando o dia a dia da família.

Sanny e Diego são casados há 12 anos e, há dois anos, decidiram entrar no Tinder em busca de uma nova integrante para a relação, já que Sanny é bissexual e estava bastante interessada.

No app, eles encontraram a Karina, que também adorou a ideia e, após algum tempo, consentiu em oficializar a relação do trisal em público.

PublicidadePublicidade

Através de uma cerimônia informal, as duas utilizaram vestidos de noivas e firmaram o casamento poliamoroso junto de Diego.

Apesar de não ser possível registrar a união em cartórios, isso não os afetaram em nada, que segue há dois anos jurando amor eterno nas redes sociais.

Entre os integrantes da família, ainda tem o Miguel, filho biológico de Sanny e Diego, que agora também recebeu uma mãe de criação, a Karina. Mas os planos de mais filhos não pararam por aí.

“A nossa missão é explicar paras as pessoas que existem várias formas diferentes de amar, trabalhamos juntos, temos um casamento de trisal, mas fechado, e esperamos aumentar a nossa família em breve”, conta Sanny.

Preconceito

O trisal explica sobre as dificuldades que enfrentaram em razão dos preconceitos de familiares e amigos.

“O meu pai não fala comigo depois que a gente assumiu o relacionamento, o pai da Karina também não fala com ela, dentre várias outras pessoas da família dela. A família do Diego aceitou um pouco melhor, mas algumas se afastaram”, lamenta Sanny.

“Meu relacionamento com o meu pai estamos reatando aos poucos, com o pai da Karina ainda não. Tratamos isso com terapia, né? Entendemos que às vezes os pais não querem o mesmo que nós, mas que a vida é nossa e cabe a nós decidirmos sobre isso, damos as mãos e vamos juntos, nos blindamos muito do preconceito”, completou.

Dúvidas frequentes

No perfil com mais de 70 mil seguidores, o trio conta as curiosidades que mais intrigam os seguidores, principalmente sobre o sexo.

Eles afirmam que por serem um triângulo todos os integrantes da relação participam igualmente na ‘hora H’.

“Nosso relacionamento é em triângulo, então todos se relacionam com todos. Acredito que nossa história pode inspirar várias outras mulheres e casais também”, afirma Sanny.

“O poliamor é quando três pessoas ou mais pessoas se unem com o intuito de constituir família, geralmente as pessoas confundem com suingue, pu**ria. É um relacionamento como qualquer outro só que com mais de duas pessoas”, explicou Diego em vídeo publicado no Youtube.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.