PublicidadePublicidade

Urban entrega documento e definição para novo preço da passagem fica mais próxima

Processo está sendo conduzido pela Agência Reguladora do Município, que orientará decisão do prefeito Roberto Naves

Caio Henrique -
Ônibus da Urban na Estação Central de Anápolis, o antigo Terminal Urbano. (Foto: Bruno Velasco)

A ansiedade para, enfim, saber o novo preço das passagens de ônibus em Anápolis pode estar chegando à uma conclusão.

Isso porque a Urban e a Agência Reguladora Municipal (ARM) já deram início às negociações finais que irão definir de vez as mudanças que serão implementadas no sistema do transporte coletivo municipal.

Por contrato firmado em 2015, a empresa tem direito de reivindicar reajuste anual a partir do mês de julho.

PublicidadePublicidade

A pandemia da Covid-19, no entanto, travou e impediu o andamento de qualquer tipo de negociação do tipo no último ano.

Ao Portal 6, o diretor jurídico do grupo São José, que é dono da Urban, ressaltou que a concessionária não é a responsável por “pedir” o valor da tarifa.

“Existe uma planilha no contrato, contendo os parâmetros e coeficientes para o cálculo, que é feito com base nestas estatísticas e custo atual do sistema”, disse Carlos Leão.

A reportagem conversou também com Robson Torres, presidente da ARM, que destacou os esforços para tentar impedir um aumento tarifário impraticável, seja por meio de subsídio estadual – semelhante ao sistema de Goiânia – ou outras medidas que aliviem os custos do transporte coletivo.

Um dos entraves no processo, contudo, era o envio de uma documentação por parte da Urban – que já foi feito na tarde de segunda-feira (08).

Sendo assim, ambas as partes se reuniram – através das figuras de Carlos e Robson – e deram início às tratativas para uma possível readequação contratual, de forma a atender as necessidades dos funcionários da empresa e também dos usuários do transporte coletivo.

“A proposta é trazer o reequilíbrio financeiro para o Sistema de Transporte Público Municipal, evitando aumentos abruptos na tarifa e garantindo condições ideais de operação para a concessionária”, explicou Robson.

“Um caminho já começou a ser sedimentado e os números já estão sendo avaliados. Até o final do mês, a ARM irá encaminhar ao prefeito uma proposta que seja o mais ideal possível aos interesses de todos os anapolinos”, prometeu o presidente, em declaração exclusiva ao Portal 6.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.