Leandro Hassum contracena com filha pela 1ª vez em ‘Amor Sem Medida’

Artista também atua ao lado de sua filha, Pietra Hassum, para falar sobre um amor sem barreiras

Folhapress -
O ator Leandro Hassum e sua filha Pietra no filme ‘Amor Sem Medida’ (Foto: Divulgação/Netflix)

 Mariana Arrudas, de SP – Estrelando sua segunda produção original Netflix, o ator Leandro Hassum, 48, celebra o lançamento do filme “Amor Sem Medida”, nesta quinta-feira (18), remake do filme argentino “Corazón de León”. Além de contracenar com Juliana Paes, 42, na comédia romântica, o artista também atua ao lado de sua filha, Pietra Hassum, para falar sobre um amor sem barreiras.

“Trouxemos um roteiro super consagrado para a nossa versão brasileira, nossa forma de encarar o amor”, afirma. Na trama, o ator interpreta o cardiologista renomado Ricardo Leão, um homem com estatura muito baixa, que mostra seu valor em tudo o que faz e se apaixona por Ivana (Juliana Paes), uma mulher forte.

Os dois se conhecem quando a advogada recém-divorciada Ivana perde seu celular e Leão o encontra. Após uma breve conversa, o cirurgião convida a dona do aparelho para um café, e então faz de tudo para conquistá-la. A dona do celular fica surpresa de primeiro com a altura de seu novo relacionamento.

O artista conta que, assim como seu personagem, já precisou superar padrões para que as pessoas não o vissem de forma diferente. “[O Leão] busca se tornar interessante por vários outros lugares e de outras formas, assim como o Leandro Hassum”, explica. “Por ter um tipo físico fora dos padrões, eu precisava ser um cara que se superava”, afirma.

Além disso, também foi fácil levar a relação que tem com sua filha para os sets de filmagem, na estreia de Pietra em filmes. “Foi delicioso porque eu sou um pai babão”, comenta, “e foi muito parecido com a relação que temos aqui em casa”. Hassum afirma que, em sua família, a cumplicidade e liberdade são muito presentes.

“É muito bacana trazer essa visão do filho aconselhando o pai, porque essa geração tem acesso muito mais rápido a informação do que as gerações anteriores”, completa o ator. Ele também pontua que o longa-metragem reforça que o amor deve prevalecer acima de tudo, e deve ser despido de preconceitos e julgamentos.

“É importante que, por meio do audiovisual e da comédia, a gente consiga passar essa mensagem”, diz. Para ele, o filme mostra, pelo humor, como não existem empecilhos quando há o amor verdadeiro. “Quando amamos não tem barreira, fronteira, altura, forma física, nada. É amor.”

O ator ainda diz que está animado com o lançamento do filme e que gostaria de superar as marcas positivas que alcançou com o sucesso “Tudo Bem no Natal Que Vem” (2020), também original da Netflix. “Cada vez que se faz um sucesso a sua expectativa e responsabilidade aumentam”, afirma. “E com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”.

O longa-metragem tem direção de Ale McHaddo, com roteiro de Michelle Ferreira. A produção é de Geórgia Costa Araújo e Luciano Patrick, com produção executiva de Patrick, Andrezza de Faria e Nicole Weckx.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.