PublicidadePublicidade

Desacreditada após Covid-19, mulher acorda no dia em que teria os aparelhos desligados

Família, que já tinha começado os preparativos para organização do velório, ficou em choque com a grata surpresa

Gabriella Licia -
Idosa que teria aparelhos desligados após um mês em coma, acorda no dia do velório (Foto: Reprodução)

A história ímpar de uma idosa, de 69 anos, está movimentando toda a internet após o filho dela conceder uma entrevista explicando como foi receber a notícia de que a mãe teria acordado do coma no dia em que teria o próprio velório.

É que a estadunidenses Bettina Lerman havia sido infectada pelo coronavírus em setembro deste ano, quando ainda não havia sido vacinada e precisou ser entubada com problemas respiratórios.

Após o episódio, um mês se passou sem alterações no quadro de saúde da idosa. Então, já céticos, os médicos informaram que seria pouco provável que ela acordasse.

A família conformada decidiu então, dar início à organização do velório da senhorinha. Até mesmo o caixão e a lápide haviam sido escolhidos.

No entanto, no dia em que seria desligado os aparelhos que sustentavam a respiração da paciente, o médico telefonou ao filho da idosa e informou que ela havia acordado.

Em entrevista à CNN, o homem contou que no momento da ligação, o entusiasmo foi tamanho que até o celular foi ao chão.

No hospital, as informações foram de que ela estava lúcida, mas ainda corria risco de morte.

Atualmente, o estado clínico dela ainda é delicado, mas, segundo a família, ela segue se recuperando com apoio de fisioterapia.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.