PublicidadePublicidade

Goiás terá Festa do Pequi para comemorar liderança de vendas

Além de apresentações artísticas, refeições com a iguaria do cerrado serão servidas aos presentes

Pedro Hara -
Expectativa é de safra recorde em 2021/2022 (Foto: Fanut/UFG)

Responsável pelo maior volume de venda de pequi no Brasil, a Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa) será palco da abertura da 1ª Festa do Pequi. O propósito do evento é celebrar a liderança de Goiás no quesito.

A comemoração que será realizada na sede do Ceasa, no km 5,5 da BR-153, custou R$ 22,5 mil aos cofres públicos. A expectativa é de que o público atinja até 1,5 mil pessoas.

Entre as atividades programadas para ocorrer estão a apresentação da placa celebrando a importância do Ceasa na comercialização do fruto, apresentações artísticas, com folia de reis da cidade de Petrolina e Orquestra de Violeiros de Goiás, além da distribuição de milhares de refeições, tendo como base a iguaria do Cerrado.

PublicidadePublicidade

Os presentes no evento poderão levar para a casa mudas do fruto que serão cedidas pela Emater.

Expectativa de safra recorde em 2021/2022

Na safra 2021/21, Goiás produziu pouco mais de 02 milhões toneladas do fruto, entretanto, o Ceasa comercializou mais de 06 milhões, o triplo do produzido. Além do pequi de Goiás, também é vendido a produção do Tocantins, Mato Grosso e de Minas Gerais.

A expectativa é de quebra de recorde com a safra 2021/2022 que teve início em setembro e se estende até o mês de março. A quantidade produzida até agora é de 5.187 toneladas.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.