Maternidade não cumpre com o combinado e Prefeitura de Anápolis decide tomar terreno

Área havia sido doada pela Administração Municipal para a construção de uma unidade hospitalar

Caio Henrique -
Maternidade Dr Adalberto, em Anápolis. (Foto: Captura / Google Maps)

Foi divulgada na edição mais recente do Diário Oficial do Município (DOM), a revogação oficial da concessão de terreno fornecida pela Prefeitura de Anápolis à Maternidade Dr. Adalberto Pereira Silva.

O local, que é uma área pública, tinha sido transferido para a construção de uma nova unidade hospitalar no bairro Jardim das Américas II Etapa.

Contudo, as obras não tiveram início dentro do prazo estabelecido e a Prefeitura decidiu voltar atrás na decisão, seguindo os termos pré-fixados no contrato.

PublicidadePublicidade

Segundo o documento, a Maternidade teria 90 dias “a partir da aprovação e publicação da lei”, que é do dia 30 de setembro de 2019, para começar os trabalhos.

Porém, o projeto, que tinha previsão de entrega ainda para 2020, não saiu do papel deste então.

O Portal 6 entrou em contato com o diretor da unidade, que não pôde responder por conta de uma hospitalização de urgência.

O gestor, no entanto, se comprometeu a enviar um posicionamento oficial assim que possível.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.