Medida para proibir instituições financeiras de se aproveitarem de idosos vira lei em Anápolis

Propositura foi apresentada na Câmara Municipal pela vereadora Andreia Rezende e multas de descumprimento chegam a R$ 90 mil

Pedro Hara -
Parlamentar cobra explicações desde o início de 2021. (Foto: Ismael Vieira)

Apresentado pela vereadora Andreia Rezende (SD), o projeto que proíbe as instituições financeiras de oferecer ou celebrar contrato de empréstimos de qualquer natureza para aposentados e pensionistas, através de ligação telefônica foi sancionado pelo prefeito Roberto Naves (PP).

Na apresentação da propositura, a parlamentar usou como base a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que já desautorizava a prática.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) e, agora, o Poder Executivo tem 90 dias para regulamentar a lei.

Em caso de descumprimento, as empresas poderão sofrer sanções que variam entre advertências e multas de até R$ 90 mil em caso de reincidência.

O valor das multas deverá ser destinado ao Fundo Municipal de Defesa do Consumidor. Já a fiscalização será responsabilidade do Procon.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.