Quem é a goiana que viralizou após ter história de vida agitada mostrada nas redes sociais

Ela já foi piloto de avião e freira, agora busca uma vida mais tranquila ao lado do marido

Pedro Hara -
Apesar de ter apenas 29 anos, Crislane tem muita história pra contar. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Quem vê a coordenadora Crislane Costa, na Escola Brincando e Aprendendo, em Goianira, nem imagina que este é apenas o capítulo mais recente de uma vida repleta de histórias.

Nascida em Caturaí, cidade localizada a 45 quilômetros de Goiânia, a pedagoga tem no currículo a graduação em Ciências Aeronáuticas e o trabalho missionário como freira na congregação das Irmãs Franciscanas da Divina Misericórdia.

A história viralizou nas redes sociais após um primo postar que estava indo ao casamento dela. Na mensagem, ele contava a trajetória de forma resumida.

História ficou conhecida após ser contada pelo primo nas redes sociais. (Foto: Reprodução/Twitter)

Ao Portal 6, Crislane contou da onde vem a inspiração para viver de maneira tão desafiadora e revelou os planos para o futuro.

Durante a infância roça, a inclinação para uma vida tão agitada nasceu. Em casa, ela sonhava em conquistar o mundo.

“Na minha infância, na roça, eu tinha o desejo de fazer coisas grandiosas, de sair daquele mundinho e fazer do mundo a minha casa”, disse. 

Após sair da cidade natal e se mudar para Goiânia em 2006, ela iniciou o curso de Ciências Aeronáuticas em 2010. A escolha pela graduação ocorreu após uma frustração.

“Foi meio por acaso [a escolha]. Inicialmente eu queria ir pra Força Aérea. Comecei um cursinho nessa área e ouvi dizer que era muito difícil, que dependia dos méritos e indicação”, expôs.

Então, ela tomou a primeira decisão que poderia mudar a vida dali pra frente. “Eu saí do cursinho e entrei numa lan house e fui olhar os cursos na PUC e vi o curso de Ciências Aeronáuticas. Vi que era um curso de formação para piloto civil e eu decidi que era isso que queria”, revelou. 

Convento

Após concluir a graduação, Crislane novamente resolveu realizar uma mudança na vida. Deixou a aviação e se tornou freira.

“Eu sempre fui católica, só que no finalzinho do curso eu comecei a me aproximar de Deus, participar da igreja, fui mais envolvida por esse mundo. A gente tinha uma equipe de missão, viajava para varias cidades e eu comecei a perguntar se era isso mesmo que Deus queria, eu senti que era isso, que Deus queria tinha um chamado”, contou. 

Ao contrário do imaginário popular, a vida no convento era agitada. O período no trabalho missionário lhe trouxe um autoconhecimento ainda maior.

Esse convento das irmãs franciscanas é uma congregação de vida ativa. Nós não vivíamos enclausuradas, a gente viajava e visitava pessoas. Na manhã ficávamos no convento e a tarde era dedicada à missão, encontrar famílias, fazer evangelização. Foi um período muito bom de autoconhecimento”, narrou. 

Relacionamento, casamento e futuro

Em 2020, Crislane começou a trabalhar em dois empregos. Era “faz tudo” em um restaurante da capital e com parte do salário alugava um carro para trabalhar em um aplicativo de transporte.

Entre um emprego e outro, ela foi a um forró e conheceu o quadrinista Rodrigo Viana. O interesse logo virou namoro e recentemente os dois se casaram.

“Eu conheci o Rodrigo num forró e logo começamos a namorar. Foi muito intenso. Inicialmente fiquei nos dois empregos, depois fui chamada para uma escola e não deu certo. Depois disso nós fomos para Goianira e assim que a gente veio morar junto abriu a escola onde eu trabalho. Fui contratada como professora, trabalhei um mês e eu fui convidada para assumir o cargo de coordenadora”, disse. 

Para o futuro, Crislane não quer repetir a mesma agitação do passado. Agora, ela pensa em constituir família e crescer profissionalmente.

“Eu nunca planejei nenhuma dessas mudanças. Eu fui abraçando o que a vida foi me propondo. Agora meus planos são mais estáveis. A maturidade traz isso pra gente. Com o Rodrigo meu plano é construir a família, nosso casamento é recente, mas esse já é o nosso grande passo, crescer profissionalmente como coordenadora, ser uma profissional melhor e apoiar o Rodrigo”, afirmou. 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.