Tio Cleobaldo: a mão amiga que há mais de 40 anos faz a diferença em Goiânia

Entidade fundada pelo filantropo teve a demanda por marmitas e cestas básicas triplicada durante a pandemia

Augusto Araújo -
À direita, Tio Cleobaldo é o fundador de associação que ajuda milhares de pessoas em situação vulnerável. (Foto: Arquivo Pessoal)

Há mais de 40 anos em atividade, a Associação Tio Cleobaldo, localizada no Setor Oeste, se destaca em Goiânia pelo atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social e que necessitam de ajuda imediata.

O Portal 6 conversou com o presidente e fundador da iniciativa, que carrega o mesmo nome dele, e descobriu que a assistência comunitária veio “de berço”.

“Quando eu era pequeno, lá em Ituiutaba (MG), a minha mãe e meu pai sempre ajudaram as pessoas mais necessitadas. Então, eu vivi fazendo caridade”, explicou Cleobaldo Martins de Oliveira, de 78 anos.

PublicidadePublicidade

Ao chegar na capital goiana, com 27 anos, o filantropo começou a escrever seu nome com bons gestos e ações. Em 1977, ele fundou a entidade, que atualmente atinge incontáveis pessoas.

A associação entrega aproximadamente 3 mil marmitas todas as semanas, para a população em situação de rua. Além disso, são 4 mil famílias cadastradas na instituição para receber alimentos e cestas básicas mensalmente.

Para conseguir atender toda essa demanda, o centro conta com a ajuda de 50 voluntários, entre fixos e rotativos, que atuam no preparo e distribuição da comida, feita todos os domingos e quartas-feiras, a partir das 19h.

Mas a ação vai para muito além disso. A associação também oferece serviços de assistência jurídica, médica, psicológica, educacional. Todos de forma gratuita, com ajuda de colaboradores especializados que atuam no centro comunitário.

Outro ponto importante destacado pelo fundador do espaço, está no acompanhamento dos indivíduos que procuram a associação para se livrar de vícios com drogas.

“A gente leva a pessoa para a clínica de recuperação, arruma os remédios para ela, acompanha durante todo o processo. Também conversamos com ela, para que aprenda a se amar de novo, a recuperar a fé em si mesmo”.

Crise de Covid-19

Cleobaldo contou que durante a pandemia, o número de pessoas que necessitam de ajuda na instituição triplicou. “A fome está ali, batendo na porta. Muitas vezes, a gente acaba vendo pais de família chorando, antes de sequer conseguir fazer um pedido para pegar uma cesta básica”.

Um problema que o centro de acolhimento também enfrenta na atualidade está no suporte financeiro. Mesmo contando com a ajuda dos colaboradores para custeio, o aumento da demanda acabou gerando uma dificuldade.

“As necessidades cresceram muito, nós não estamos dando conta de atender todo mundo. A maior dificuldade acaba sendo para pagar as contas de energia, água, os alimentos para colocar nas marmitas.”

Como ajudar

A pessoa interessada em prestar algum tipo de assistência pode fazer a doação de cestas básicas na sede da Associação Tio Cleobaldo, localizada no endereço: Rua R-14, nº151, Quadra R-15, Lote 12 – St. Oeste, Goiânia – GO. A recepção é feita entre 9h e 20h.

Para ajudas financeiras, o interessado deve entrar em contato no número (62) 98164-7604.

“A gente tem que fazer a nossa parte, porque se a gente não fizer, a sociedade não vai dar conta”, apontou o fundador da entidade.

 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.