Quem soltar fogos barulhentos durante o Natal e Ano Novo poderá receber multa em Anápolis

Município conta com lei que proíbe a queima dos estampidos, que costuma prejudicar a saúde dos animais

Pedro Hara -
Queima de fogos de artifício que fazem barulho estão proibidos em Anápolis desde 2020. (Foto: Divulgação)

Os moradores de Anápolis que optarem em soltar fogos barulhentos durante o Natal e Ano Novo podem ter problemas com a lei.

A razão é a Lei Municipal 397 de 2020 que proíbe a queima dos estampidos, atitude prejudicial a saúde dos animais.

Além dos pets, outro grupo que sofre por conta do manuseio dos fogos de artifício são as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Caso o infrator seja reconhecido, o valor da multa é de R$ 2 mil. O montante poderá ser dobrado caso o descumpridor seja reincidente e a infração tenha sido cometida em um intervalo de 30 dias.

As únicas exceções são os fogos de vista, aqueles que produzem efeitos visuais luminosos, mas que não emitem ruídos ou barulhos de baixa intensidade.

Nos bichos, a queima causa estresse elevado e, em último caso, pode levar ao óbito. Enquanto que as pessoas com TEA sofrem com o excesso de estímulo no processamento sensorial, causando medo, desconforto e crises que podem levar até à automutilação.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.