Depois de pedir carona, mulher é sequestrada e mantida dentro de caixão por 07 anos

Mesmo diante da situação assustadora, vítima ainda teve que assinar contrato aceitando ser escrava para sempre

Gabriella Licia -
Norte-americana e caixão onde teve de viver por sete anos, após sequestro. (Foto: Reprodução)

Uma idosa decidiu tornar pública a história terrível e agonizante que viveu ainda na juventude e o caso viralizou.

Colleen Stan, atualmente com 61 anos, contou ao portal Meganotícias como foi ser sequestrada e mantida em cárcere privado dentro de um estilo de caixão por sete anos, isolada.

Segundo a vítima, o desejo dela era ir para uma festa de uma amiga no Norte da Califórnia (EUA), quando tinha 20 anos e, por ser aventureira experiente, decidiu aceitar uma carona de um caminhoneiro que carregava consigo a esposa e uma criança.

Durante a viagem, ela relata ter pedido para que parassem em uma conveniência por alguns minutos, mas no momento em que desceu do veículo, sentiu um pressentimento muito ruim.

Ignorando a intuição, ela retornou para o caminhão e foi ameaçada com uma faca, logo em seguida, e levada ao cativeiro.

A partir deste momento, começaram os longos anos de torturas constantes.

De acordo com a mulher, ela passava cerca de 23h fechada na caixa, onde tinha apenas um furo que a permitia visualizar uma foto – a antiga prisioneira do criminoso.

Colleen contou ainda que teve de assinar um termo, onde se submetia à escravidão eterna.

A idosa relembra ter conseguido recuperar a liberdade graças a esposa do sequestrador, que decidiu denunciar a série de crimes presenciados, e fugir com os filhos e a refém.

“Sua vida fica no limbo quando você está em cativeiro […] Uma vez que você recupera essa liberdade e tem aquela opção novamente, é como se as portas se abrissem… E você simplesmente passa por elas”, disse a vítima.

O sequestrador foi condenado a 104 anos de prisão pelos feitos.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.