Jovem é encontrado morto após sofrer grave descarga elétrica em caixa de energia

Equipes da Polícia Militar, SAMU, Corpo de Bombeiros e Enel tiveram de se mobilizar para ir ao local do incidente

Flávio Mobaroli -
Ambulância do SAMU. (Foto: Arquivo/Portal 6)

Na manhã desta segunda-feira (10), um jovem de 21 anos foi encontrado já sem vida e com parte do corpo dentro de uma caixa de energia, na calçada da Avenida Lagos dos Patos, no setor Jardim Tropical, em Aparecida de Goiânia.

O rapaz, que seria usuário de drogas e estaria vivendo em situação de rua, teria sido vítima de uma descarga elétrica. Uma das suspeitas é que ele poderia estar tentando subtrair a fiação da rede pública.

A mãe da vítima, uma mulher de 47 anos, esteve no local, onde fez a identificação do corpo e também confirmou a situação de vida atual do rapaz.

O acidente mobilizou Polícia Militar, além do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que ficou responsável pela confirmação da morte.

O Corpo de Bombeiros também esteve no local e isolou a área, já que havia risco de novas descargas elétricas em decorrência da chuva e de haver fios desencapados.

Uma equipe da Enel foi acionada para verificar a situação e tomar as medidas técnicas necessárias. Os profissionais cortaram a energia no ponto do acidente para realizar os reparos na rede.

Ao Portal 6, a companhia, que é responsável pelo fornecimento de energia elétrica em Goiás, enviou nota comentando o episódio. Veja na integra:

A Enel Distribuição Goiás lamenta profundamente o acidente fatal que aconteceu na manhã desta segunda-feira (10) no Jardim Tropical, em Aparecida de Goiânia. As equipes da empresa estão no local prestando apoio ao Corpo de Bombeiros e à Polícia Técnico-Científica. A distribuidora esclarece que a vítima estava manuseando indevidamente a rede elétrica. A suspeita é de que seria uma ação de furto de cabos de energia para extração de cobre e alumínio. A companhia alerta sobre os riscos de manipular a rede energizada e reforça que apenas profissionais capacitados e autorizados podem executar qualquer ação na rede elétrica.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.