Saiba as causas da gordura visceral e como evitá-la

Ana Teixeira Ana Teixeira -
(Foto: Reprodução)

A gordura visceral é um tipo de gordura mais dura que envolve os órgãos (vísceras) localizados na região do abdômen.

O excesso de gordura visceral pode interferir no funcionamento de alguns órgãos. Por isso, está associada com comorbidades e alterações metabólicas, como a síndrome metabólica, um conjunto de condições que aumentam os fatores de risco para doenças crônicas: diabetes, colesterol alto e hipertensão.

Os maus hábitos alimentares são a principal causa do acúmulo de gordura visceral. Além do consumo de calorias em excesso, o abuso de alimentos fonte de carboidratos simples como o açúcar e farinha branca, o excesso de frituras e o consumo frequente de bebidas alcoólicas também contribuem para essa condição.

Para eliminar ou reduzir a gordura visceral é preciso adotar hábitos alimentares saudáveis juntamente com uma dieta hipocalórica, ou seja, com restrição de calorias.

Já para prevenir o problema e evitar que essa gordura se acumule dê preferência para alimentos integrais e com alto teor de fibras, adicione sempre uma fonte de proteína nas suas refeições e evite beliscar. A atividade física também é fundamental e previne o excesso de adiposidade visceral, pois ajuda a estimular o metabolismo com o aumento do gasto energético, além de melhorar o condicionamento físico e promover saúde cardiovascular.

O acompanhamento com o nutricionista é indispensável para quem tem acúmulo de gordura visceral, isso porque apenas este profissional é qualificado para a prescrição de dietas com restrição calórica, o que garante a solução do problema.

Ana Teixeira é nutricionista, formada pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Especialista em Nutrição Funcional pelo Instituto VP e Nutrição Esportiva e Obesidade pela Universidade de São Paulo (USP). Tem consultório próprio em Anápolis e escreve todas as quartas-feiras no Portal6. Siga-a no Instagram.

As ideias e opiniões expressas no artigo são de exclusiva responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, as opiniões do site.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.