Bebê puxa panela com água quente e é internado na UTI com 80% do corpinho queimado

Pais do garotinho estão desempregados e contando com casa de apoio para conseguir acompanhá-lo

Augusto Araújo -
HUGOL, em Goiânia. (Foto: Divulgação / Lailson Damásio).

Um bebezinho de apenas dois anos, que vive em Rio Verde, município do Sudoeste de Goiás, precisou ser internado às pressas em Goiânia, após virar uma panela com água quente e queimar 80% do corpo.

Ao G1, o pai do menino, Lucas Ferreira, explicou que ele e a esposa, Beatriz Cristina, estavam fazendo feijão quando ocorreu o acidente com o filho, João Lucas Silva Ferreira.

“Ele acabou puxando a panela de água quente que estava em cima do fogão. Saímos de casa desesperados para o hospital”, disse.

O genitor afirmou também que o estado de João Lucas é delicado. Desde o incidente, ocorrido no dia 17 de março, o garotinho está na UTI do Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol).

O último boletim divulgado pela unidade, neste sábado (26), apontava que ele estava com quadro clínico geral grave, sedado e respirando com ajuda de aparelhos.

João Lucas Silva Ferreira, dois anos, está internado no Hugol em Goiânia. (Foto: Reprodução).

A situação financeira dos pais de João Lucas também é complicada. Ambos estão desempregados e precisaram deixar Rio Verde para cuidar da criança na capital.

“Eu e a mãe dele não temos emprego fixo, fazemos de tudo um pouco. Agora meu filho precisa de acompanhamento 24h. Largamos tudo lá para vir cuidar dele”, disse o pai ao G1.

Atualemente, eles estão dormindo em uma casa de apoio e revezando para ficar com o filho no hospital. “Se Deus quiser ele vai melhorar logo, receber alta e vamos para casa”, complementou Lucas Ferreira.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.