Estação centenária em cidade mineira ganha locomotiva fabricada há 58 anos

Máquina foi utilizada no passado e agora faz parte do conjunto arquitetônico original do local

Folhapress -
Locomotiva fabricada em 1964 que ficará exposta na estação Pedra Mole, em Ipatinga (MG) – Divulgação

Uma locomotiva a diesel fabricada em 1964 passou a fazer parte do cenário da antiga estação Pedra Mole, em Ipatinga (MG), nesta terça-feira (12).

A máquina, que foi utilizada no passado na área industrial da usina Intendente Câmara, foi restaurada e agora faz parte do conjunto arquitetônico original do local, que também passa por reforma.

Projetada pelo engenheiro Pedro Nolasco, a estação fica às margens do rio Piracicaba, entre os bairros Castelo e Cariru, e suas ruínas estão tombadas pelo conselho do patrimônio histórico e cultural de Ipatinga desde setembro de 1996.

Ela completará cem anos de sua inauguração em 1º de agosto e foi reaberta à visitação em 2019, depois de receber R$ 750 mil em investimentos da Usiminas.

As obras fazem parte de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado entre a empresa e o Ministério Público de Minas Gerais.

Segundo a empresa, o investimento é uma forma de desenvolver o turismo e a cultura no Vale do Aço e também marcar os 60 anos da companhia na região.

A antiga estação ganhou esse nome, de acordo com a prefeitura, por ficar num terreno que possuía rochas de calcário que eram quebradas facilmente.

A estação é aberta para visitação às quintas e sextas-feiras (10h às 15h), aos sábados (9h às 16h) e aos domingos (9h às 13h).

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

+ Notícias