6 piores dores que uma pessoa pode sentir na vida

Muitas condições fisiológicas fazem algumas pessoas sentirem desconfortos inexplicáveis

Anna Júlia Steckelberg -
6 piores dores que uma pessoa pode sentir na vida
A doença do membro fantasma atinge pessoas que já ampultaram alguma parte do corpo. (Foto: Reprodução)

Sentir dor é uma reação natural do nosso organismo, que acaba nos trazendo muito sofrimento. Quando criança, por exemplo, costumávamos chorar muito em situações dolorosas. Todavia, hoje em dia existem vários métodos e remédios para conter essas sensações. Conheça hoje as piores dores que um ser humano pode sentir.

Antes disso, vale explicar que a dor é uma sensação que se manifesta quando algo de errado ocorre em nosso organismo por meio de estímulos enviados pelos nervos ao cérebro. Esse, por sua vez, envia os estímulos ao córtex motor para que esse libere alguma reação. A reação liberada pelo córtex motor é enviada para o local da dor por meio dos nervos.

6 piores dores que uma pessoa pode sentir na vida:

1. Cólica renal

Essa aqui é uma dor que tem presença obrigatória em nossa lista! A cólica renal é desencadeada por conta de cálculos renais nos rins. Essa dor é tão forte que é comparada a dores de um parto.

2. Fibromialgia

A fibromialgia é uma doença crônica. Sem ter uma causa explicada, essa doença provoca dor muscular generalizada e sensibilidade excessiva em muitas áreas do corpo. Os pacientes, normalmente, afirmam que são dores constantes, que pioram ao toque e surgem em vários pontos do corpo, tais como nuca, ombros, lombar, quadris, tornozelos, cotovelos e joelhos.

3. Neuralgia pós-herpética

Essa condição é uma complicação após o desenvolvimento do herpes zoster. Esse herpes forma lesões na pele, que duram poucos dias. O problema é que a neuralgia pós-herpética é a permanência da dor no local acometido. Em alguns casos, a dor da neuralgia pós-herpética é tão intensa e contínua, que pode levar o paciente à depressão e à incapacidade física.

4. Dor do membro fantasma

Não, isso não é nenhum filme de terror ou uma lenda. A dor do membro fantasma pode surgir depois da amputação de alguma parte do corpo, como braço ou perna. O paciente que sofre dessa condição sente dores como se ainda tivesse aquela parte. Segundo o Portal online MD Saúde, a dor no membro fantasma pode ser do tipo queimação, picada, esmagamento, torção ou choque elétrico.

5. Neuralgia do trigêmeo

Antes de falar dessa dor, entenda que o nervo trigêmeo é responsável por controlar a musculatura da mastigação e a sensibilidade facial. O problema é que quando ocorre uma compressão da raiz nervosa, a neuralgia do trigêmeo gera crises de dor aguda quando tocamos em nossa face, mastigamos, falamos, escovamos nossos dentes, sorrimos, entre outros.

6. Enxaqueca

Por último e não menos importante temos a enxaqueca, caracterizada por uma dor de cabeça unilateral, de caráter pulsátil e de início gradual, porém, costuma ir se agravando progressivamente até atingir grande intensidade após algumas horas, durando dias.

Siga o Portal 6 no Instagram: @portal6noticias e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade