Projeto da Prefeitura de Goiânia quer tornar pontos turísticos mais acessíveis à população

Ainda em fase inicial, iniciativa tem o objetivo de oferecer um espaço inovador a partir do uso da tecnologia

Gabriella Pinheiro -
Iniciativa já existe em outras cidades do país. (Foto: Divulgação/Prefeitura São José dos Campos)

Alguns dos principais pontos turísticos de Goiânia como praças, parques e monumentos podem ganhar uma novidade nos próximos meses. A Administração Municipal pretende investir em tecnologia em alguns locais específicos da capital.

A iniciativa tem como objetivo inserir a cidade no segmento de Destinos Turísticos Inteligentes (DIT) assegurando um espaço inovador e acessível para toda a população.

O plano está em fase de estruturação, mas algumas etapas já começaram a ser implementadas, como foi o caso do Parque Zoológico.

O local oferece, desde dezembro do ano passado, um QR Code para que os visitantes consigam se localizar dentro do lugar, a partir de um mapa intuitivo.

Segundo o presidente da Agetul, Valdery Júnior, a renovação também ocorrerá nas placas informativas sobre os ambientes dos animais, no formato de link.

“A ideia é que o link, em um futuro próximo, ofereça acessibilidade com áudio descrição, contemplando as pessoas com deficiência física. Isso faz parte da etapa final do projeto, e os servidores do Zoológico vão realizar a implementação gradativamente”, destaca.

Além do Zoológico, o projeto de sinalização visa atender nos próximos meses, os pedestres e ciclistas que passam pelo Caminho dos Bouganvilles.

A proposta  conta com a participação da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul),  Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), Secretaria Municipal de Cultura (Secult), e Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma).

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.