Programa que oferece 08 passagens de ônibus por dia ao trabalhador é lançado em Goiânia

Expectativa da CMTC é de que até 80 mil pessoas da região Metropolitana sejam beneficiadas

Pedro Hara -
Cadastro será liberado a partir do dia 13 de maio. (Foto: Secom/Prefeitura de Goiânia)

O Passe Livre do Trabalhador, que permite ao usuário do transporte coletivo de Goiânia e região Metropolitana até 08 viagens por dia, foi lançado nesta segunda-feira (02).

A expectativa da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC) é de que até 80 mil pessoas sejam beneficiadas com o programa.

Presente na cerimônia de lançamento do programa, o governador Ronaldo Caiado (União Brasil), ressaltou que o custo da operação não será repassado aos usuários.

“Não repassaremos um centavo a mais [da tarifa] aos trabalhadores e a todo os passageiros. É algo inédito em Goiás, mesmo em face de um processo inflacionário”, pontuou.

Rogério Cruz (Republicanos), destacou a praticidade que o Passe Livre do Trabalhador oferece aos usuários do transporte coletivo.

“O Passe Livre do Trabalhador é uma iniciativa inédita no Brasil. Ela dá, ao usuário do transporte coletivo, liberdade para fazer mais viagens de ônibus e no momento em que ele escolher. Inclusive nos finais de semana e feriado”.

O programa funcionará por um sistema de assinatura. Os empregadores que aderirem devem pagar mensalmente R$ 180 por trabalhador.

Aqueles que optarem por não participar podem continuar usando o atual sistema que oferece duas passagens de ônibus diárias aos trabalhadores.

O cadastro será liberado no dia 13 de maio e feito exclusivamente pela internet, no site do sitpass.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade