Suíça encontra 500 kg de cocaína enviada do Brasil em entrega de café para Nespresso

"Toda a droga estava destinada ao mercado europeu", concluiu a polícia

Folhapress -
Droga é contaminada com carfentanil, um tipo de opioide 10 mil vezes mais potente que a morfina. (Foto: Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Mais de 500 quilos de cocaína, estimados em mais de US$ 50,6 milhões (R$ 258 milhões), foram encontrados em um contêiner para a entrega de sacos de café a uma fábrica da Nespresso, de propriedade da Nestlé, na cidade de Romont, no oeste da Suíça, informou a polícia nesta quinta-feira (5).

Os agentes de segurança foram acionados pela empresa na noite de segunda (2), depois de funcionários se depararem com uma substância branca indefinida enquanto descarregavam sacos de grãos de café que haviam acabado de chegar do Brasil, afirmou a polícia em um comunicado.

Análises mostraram que se tratava de cocaína. “A substância em questão não teve contato com nenhum dos nossos produtos ou com equipamentos de produção utilizados para fazer os nossos produtos”, disse a Nespresso em uma nota enviada por email. “Enquanto a investigação estiver acontecendo não poderemos compartilhar mais detalhes. Queremos reforçar aos nossos clientes que todos os nossos produtos são seguros para consumo”, escreveu a companhia, que produz cápsulas de café.

As autoridades acrescentaram que a cocaína apreendida tem 80% de pureza e estava em um dos cinco contêineres enviados para a entrega. A polícia ainda montou um perímetro de segurança em torno da fábrica durante a operação, que contou com um contingente de funcionários alfandegários.

“Toda a droga estava destinada ao mercado europeu”, concluiu a polícia suíça.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.