O efeito dominó que o novo aumento no preço do diesel deve causar em Goiás

Custo médio no estado aumentou 46% nos últimos 12 meses e Sindiposto avalia que acréscimo deve "respingar" no mercado como um todo

Augusto Araújo -
Preço do óleo diesel será reajustado em 8,87% em todo o Brasil. (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil).

Com um novo aumento nos preços do óleo diesel, anunciado nesta segunda-feira (09) pela Petrobras, os goianos podem se preocupar com uma possível inflação generalizada.

Isso porque, segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo em Goiás (Sindiposto), Márcio Andrade, esse acréscimo pode acabar “respingando” no mercado como um todo.

Ao Portal 6, ele afirmou: “Isso vai impactar toda a cadeia de transportes, que depende do consumo de diesel. O frete tende a subir e os comerciantes, por sua vez, aumentam o preço dos produtos, para se manter funcionando”.

Os maiores impactos devem ser sentidos pela população na hora de comprar alimentos, passagens de ônibus e nos diferentes ramos do comércio.

Com o anúncio da Petrobras, a partir desta terça-feira (10) o preço médio do litro vendido para as distribuidoras vai passar de R$ 4,51 para R$ 4,91, o que representa um acréscimo de 8,87%.

Márcio apontou que algumas fornecedoras já haviam se antecipado e desde semana passada estavam subindo os valores do diesel.

No entanto, ele aponta que é difícil prever exatamente quando os donos de postos de combustíveis vão repassar esse valor para a população.

“Cada comerciante define os preços de acordo com a necessidade. Mas eu acredito que pode acontecer o reajuste para os clientes já amanhã [dia 10]”, explicou.

De acordo com levantamentos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nos últimos 12 meses, o custo médio do diesel nos postos de combustíveis em Goiás aumentou consideravelmente.

Desde maio de 2021, o valor saiu de R$ 4,557 o litro para R$ 6,670 em maio deste, um acréscimo de 46%.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade