Vítima da Covid-19, policial será homenageada com nome de praça em Goiânia

Bastante querida pelos companheiros de PC, corporação a época tratou a perda como sendo "um dano imensurável"

Pedro Hara -
Policial faleceu em março de 2021. (Foto: Divulgação/PC)

Vítima da Covid-19, a policial civil Sara Cardoso, que na época tinha 40 anos, será homenageada com o nome de uma praça em Goiânia.

Sara faleceu no dia 07 de março de 2021, após ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital na capital.

Bastante querida no ambiente de trabalho, a Polícia Civil (PC), na época da morte postou uma nota e tratou a perda como sendo “um dano imensurável”.

“Foi uma policial civil extremamente dedicada à carreira. Sua perda aos colegas e amigos é um dano imensurável. Neste momento de dor, pedimos a Deus que conforte amigos e familiares e que a Sara esteja na eterna paz”.

A lei que autoriza o uso do nome da policial foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM), na última terça-feira (10).

A praça está localizada entre a Avenida dos Flamboyants e a Avenida das Laranjeiras, no Parque das Laranjeiras, região Sul da capital.

Paralelo ao trabalho de policial civil, Sara também era professora da Escola Superior da Polícia Civil (ESPC) e empreendedora do ramo de doces.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade