Homem que tentou matar amigo em campo de futebol de Goiânia e fugiu do país é condenado pela Justiça

Crime foi cometido em fevereiro de 2020 e acusado foi capturado pela Interpol

Pedro Hara -
Sentença foi proferida na quarta-feira (18). (Foto: Reprodução)

Acusado de tentativa de homicídio, Pedro Victor da Silva Brito, foi condenado a 06 anos e 08 meses de prisão. A sentença foi proferida nesta quarta-feira (18) e será cumprida em regime semiaberto, na Colônia Agroindustrial, em Aparecida de Goiânia.

O crime ocorreu em um campo de futebol da Vila União, no dia 17 de fevereiro de 2020. De acordo com o processo, Pedro Victor tentou matar Thiago Araújo Ávila, após pessoas contarem a ele que a vítima teria ficado com a ex-companheira dele em uma festa.

Logo depois de ficar sabendo do ocorrido, o acusado conversou com a mulher, que confirmou as informações que ele havia recebido. Em seguida ele enviou mensagens para Thiago e marcou de encontrá-lo no local.

No campo de futebol, Pedro foi ao encontro da vítima e disse as seguintes palavras: “Você está acreditando naquela vagabunda?”. Logo depois sacou a arma e disparou seis vezes.

Thiago foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (HUGO). Ele teve lesões corporais no braço direito, mão esquerda e outro na região temporal direita, causando a perda da visão do olho direito.

Após o crime, Pedro Victor fugiu para Portugal, mas foi extraditado ao ser capturado pela Interpol.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade