Agricultor “diferente” é preso em Anápolis antes que voltasse para Espanha

Ele estava sendo monitorado pela Polícia Civil, que conseguiu detê-lo a tempo com ”material” milionário

Denilson Boaventura -
Sementes foram apreendidas e encaminhadas para incineração. (Foto: Divulgação/Genarc)

Foi preso no final da noite de sexta-feira (20) pelo Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) um espanhol de 49 anos.

Morador de um luxuoso prédio residencial no Jundiaí, ele estava sendo monitorado pela Polícia Civil há algumas semanas.

O motivo? Ele é um grande exportador de sementes de maconha.

Ao ser preso em casa, os agentes do Genarc encontraram matéria prima suficiente para deixar qualquer pessoa milionária.

Todas elas foram apreendidas e terão como destino a incineração.

Já o ex-dono das sementes foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e convidado a conhecer o Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.