Finlândia confirma que Rússia suspendeu fornecimento de gás neste sábado

Fornecimento foi interrompido porque a Gasum não efetuou pagamentos em rublos, a moeda russa

Folhapress -
***ARQUIVO***BRASÍLIA,D F, 14.11.2019 – O presidente da Rússia, Vladimir Putin. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Como já havia sido anunciado, o fornecimento de gás natural da Rússia à Finlândia foi suspenso neste sábado (21). A informação foi confirmada pela estatal finlandesa Gasum e pela russa Gazprom.

De acordo com Moscou, o fornecimento foi interrompido porque a Gasum não efetuou pagamentos em rublos, a moeda russa -a exemplo do que foi feito com Bulgária e Polônia em abril. A medida, porém, também se dá em retaliação ao pedido finlandês de ingresso na Otan, criticado pelo governo de Vladimir Putin.

Helsinque disse que vai buscar suprir a demanda doméstica por meio do gasoduto Balticconnector, que liga a Finlândia à Estônia.

O gás natural representa apenas 6% da energia consumida na Finlândia, segundo dados de 2020, mas a maior parte dele vem da Rússia. O país nórdico, que vê a energia renovável avançar, tem como principal fonte a biomassa -um quarto da energia nacional. O petróleo ainda ocupa a fatia de 21%.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.