Suspeito de matar homem que tentou separar briga de bar em Anápolis é preso em Tocantins

Depois do crime, acusado teria fugido de bicicleta e foi localizado em Araguaína, cidade natal dele

Da Redação -
(Foto: Reprodução)

Foi preso nesta segunda-feira (23) o homem suspeito de matar Eduardo Vilane Oliveira Candido depois de uma briga na porta de uma distribuidora de bebidas no Residencial América, região Norte de Anápolis.

O crime aconteceu na madrugada do dia 16 de maio. Depois da discussão, o acusado teria atacado a vítima com golpes de faca. Eduardo foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O suspeito fugiu e foi encontrado em Araguaína, em Tocantins. Segundo o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis, ele nasceu naquela cidade e foi localizado com apoio do Núcleo de Inteligência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar tocantinense.

O homem foi trazido para Anápolis, para interrogatório sobre o crime. Depois que o inquérito for concluído, ele deve responder pelo crime de homicídio.

Confusão na hora de pagar a conta levou à morte

De acordo com o relato de testemunhas, depois de pagar a conta, o suspeito causou confusão com o dono do bar. A vítima tentou apartar, mas o homem teria pego uma faca no bolso e atacou o outro no tórax.

Eduardo foi levado ao Hospital Estadual de Urgências Dr. Henrique Santillo (HEANA), mas já chegou sem vida à unidade. Ele foi atingido perto do coração.

O suspeito fugiu com uma bicicleta, mas foi flagrado por câmeras de segurança da região.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.