Filho é preso suspeito de assassinar homem que matou o pai dele há 30 anos

Crime foi cometido às margens da GO-320, em janeiro deste ano

Augusto Araújo -
Homem de 46 anos é preso, após matar idoso que teria assassinado o pai dele. (Foto: Divulgação / Polícia Civil).

A Polícia Civil (PC) de Vicentinópolis, município na região Sul do estado, prendeu preventivamente um homem nesta quinta-feira (26), suspeito de ter matado um idoso de 62 anos, que teria assassinado o pai dele há 30 anos.

Conforme as investigações, o filho, atualmente com 46 anos, teria planejado e executado José Romualdo da Silva, vulgo Kurikaka, como forma de vingança.

A vítima teria recebido uma ligação, no dia 20 de janeiro, por volta das 20h. Na chamada, uma mulher acionou serviço de guincho dele, afirmando que estava às margens da GO-320, entre as cidades de Joviânia e Vicentinópolis.

José Romualdo foi até o local sozinho, sem suspeitar de que se tratava de uma emboscada. Chegando na localização, ele foi recebido com uma série de tiros, morrendo na hora.

Ainda de acordo com a polícia, o autor do crime já teria ameaçado a vítima de morte diversas vezes, prometendo se vingar pelo crime cometido contra o pai dele.

A mulher que fez a ligação atraindo José Romualdo para a emboscada, de 22 anos, foi identificada como namorada do suspeito.

O casal foi preso em Vicentinópolis. Caso sejam condenados, as penas podem variar entre 12 e 30 anos de reclusão por homicídio qualificado.

O crime tem como agravantes o fato de ter sido praticado por motivo torpe – ou seja, considerado imoral – e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

Vale lembrar que o homem de 46 anos já havia sido preso em flagrante dias depois da emboscada, por posse ilegal de arma de fogo. Contudo, ele foi colocado em liberdade após pagar a fiança.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.