Caiado defende atuação da Polícia Militar em Goiás e afirma que irá reforçar monitoramento nas celas

Declaração se deu após questionamento sobre instalação de câmeras em fardas de agentes de segurança

Augusto Araújo -
Ronaldo Caiado é governador de Goiás pelo União Brasil. (Foto: Wesley Costa)

O governador Ronaldo Caiado (UB) defendeu a atuação da Polícia Militar (PM) em Goiás e afirmou que irá reforçar o sistema de monitoramento nas celas dos presídios goianos.

A declaração se deu durante uma entrevista coletiva, concedida à imprensa nesta segunda-feira (30).

Segundo o jornal O Popular, o comentário veio em tom de crítica, depois de questionamento sobre a redução de 87% nas ocorrências de confronto no estado de São Paulo após adoção de câmeras instaladas nas fardas dos policiais.

“Estamos tentando ao máximo recursos para colocar câmeras nas celas dos prisioneiros. Sem dúvida alguma todos nós vamos avançar”.

“Goiás é o primeiro lugar do Brasil em Segurança Pública e as pessoas estão vindo para o nosso estado para nos copiar. Passamos a exportar como se faz Segurança Pública”, complementou Caiado.

Com isso, o governador de Goiás reforçou que a adoção de tal medida não é prioridade no estado, confrontando uma proposta do deputado Antônio Gomide (PT) na Assembleia Legislativa (Alego).

Ronaldo Caiado também também relacionou os bons resultados no setor à profissionalização das forças de segurança e a integração de dados entre as polícias que atuam em Goiás.

“Criamos  um corpo de informações que permite a antecipação dos processos e o que nos torna uma referência no país”, afirmou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.